segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Na ilha mais verde dos Açores


Vista parcial das Furnas


Já há alguns anos que tinha o desejo de conhecer os Açores até porque já estive na Madeira há algum tempo (na realidade foi a minha primeira viagem aérea, com a minha melhor amiga, há sete anos atrás). Contudo, como o meu marido já lá tinha estado a trabalhar, colocamos esse destino de lado, ao invés de outros. Mas esta viagem não planeada (e por força das circunstâncias) foi agora concretizada. E só vos digo que é uma viagem perfeita para lua de mel, se casarem entre os meses de Abril a Agosto.

Quem não conhece nada dos Açores, deverá ficar a saber que estes são constituídos por nove ilhas, divididos por três grupos principais: o ocidental com as ilhas Flores e Corvo, o central com as ilhas Terceira, Pico, S. Jorge, Faial e Graciosa e o oriental com as ilhas de S. Miguel e Santa Maria.
A designação "Açores" vem do facto dos primeiros exploradores Portugueses ao avistarem as ilhas terem confundido outras aves que sobrevoavam as ditas com "açores" (e ainda bem, senão imaginem só que as ilhas, hoje, se chamavam "Milhafres"...hahaha).

A maior (e uma das mais completas, segundo dizem) é sem dúvida a ilha de S. Miguel com 747 km2.
Caramba, como eu gostei desta ilha. Quer um sitio mais verdejante e com mais graça do que S. Miguel? E se gostar de flores, este é o local perfeito para si (e isto não é nenhuma campanha publicitária)!






Do aeroporto de Lisboa fomos diretamente para Ponta Delgada, a capital da ilha, embora tenhamos apanhado um pequeno "susto" ao termos visto o primeiro voo (antes do nosso) a ser adiado algumas horas, para S. Miguel. A "Nadine", uma tempestade tropical, estava a assolar a maior parte das ilhas dos Açores, precisamente nesse dia, e vários voos tiveram de ser cancelados, embora (e felizmente) os estragos tenham sido poucos, uma vez que não passaram de ventos e chuvas fortes. Quando fomos buscar o carro à agência (que ainda era um esticão desde a outra ponta de Ponta Delgada, onde ficava o nosso hotel) ficamos literalmente ensopados até aos ossos e com o mapa da ilha desfeito em pedaços.
Outra situação "mirabolante" foi o facto do GPS não ter o mapa dos Açores (sei que são um bocado afastadas de Portugal Continental, mas não estarem no GPS é um  bocado demais...). Mas atribulações à parte, a viagem correu bem, demos algumas voltas à ilha inteira (cinco dias foram suficientes para ir e voltar aos locais de maior interesse), o tempo melhorou nos dias seguintes e só no voo de regresso, é que regressamos três horas e meia mais tarde do que o previsto (na realidade, viemos num voo de longo curso da SATA, vindo de Boston, que chegou atrasado). Mas, tirando tudo isso, foi... perfeito!




Foram cinco dias de passeio numa deslumbrante paisagem natural (lindissimas e várias lagoas, cascatas, campos floridos e cheios de vacas, luxuriante vegetação), puro ar fresco, boa comidinha, bonitas igrejas e monumentos e algum relax ...no Parque Terra Nostra e na piscina do hotel. O hotel Vila Nova, apesar de ser apenas três estrelas, é um dos melhores da ilha e está bastante bem localizado em Ponta Delgada.

Se as cidades têm jardins, aqui é a ilha toda, um enorme jardim, onde estão contidas as cidades!

Tudo isto existe, tudo isto é S. Miguel! Venha agora comigo descobrir os recantos encantados e saber um pouco de história desta ilha, a mais verde, de todas dos Açores!

Ah! E já me esquecia de agradecer à agência de viagens Easy Go de Lagoa, onde comprei o pacote turístico (e a não ser que haja algum tipo de desconto nos voos da TAP ou SATA, únicas companhias aéreas a viajarem para os Açores, comprar em pacote fica mais em conta, pois também estão incluidos os transferes e os seguros, além dos voos e alojamento).

17 comentários:

  1. Um destino sem duvida a visitar.. Ja eramos para ter ido, mas nunca se proporcionou...

    Quem sabe se nao sera a 1ª viagem do Dinis!!!

    Bjs e desculpa a ausencia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que desculpo a tua ausência...sei que o Dinis tem andando doentinho mas agora está melhor. Continuação de melhoras e beijinhos.

      Eliminar
  2. Eu já fui duas vezes à Terceira e há dois anos fui a S. Miguel. É tudo tão lindo, aquele verde, as sebes com hortênsias a separarem campos, as vaquinhas calmas tranquilas a pastar, ... Adorei mesmo ir lá!
    As tuas fotos são muito bonitas, gosto especialmente da primeira e da segunda :)
    Beijinhos.
    Ah, já agora, podes dizer que máquina tens? Obrigada.

    ResponderEliminar
  3. Obrigada Cristinix, as fotos vão continuar (as melhores ainda estão por vir, acho) e foram tiradas nas máquinas Sony DSC H-55 Cyber-shot e Panasonic Lumix DMC-FZ100. Bj grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Marta pela resposta sobre as máquinas fotográficas. :-)
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Tiveste a sorte de ver as hortênsias em flor... Eu fui em Abril e por isso não vi :( mas ao menos o meu GPS tinha os caminhos todos de São Miguel lol é sem duvida uma viagem magnifica! Fico a aguardar os proximos posts para poder recordar a ilha verde ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Traveling and Living,

      E eu a pensar que Abril devia ser um bom mês para ver as hortênsias todas em flor.
      Felizmente que o meu marido viveu nesta ilha alguns meses e conhecia bem quase todas as estradinhas. Próximos posts...fique para ver.

      Eliminar
  5. Sortuda, deve ser mesmo lindo, adorei as fotos :) *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Clementine! Fotos...fique para ver as próximas.

      Eliminar
  6. Um dia ainda iremosconhecer os Açores... Bela discrição. Apesar de alguns contratempos, acho que foi perfeita a viagem..
    Marta, estou tentando nesse triste de interface nova colocar o teu blog nos meus links mas não consigo, sabes somo se faz?? podes me mandar dizer, se souberes, por email: francy.gutierrez@ gmail.com
    abs,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Francy,
      Realmente gostava de auxiliar mas também não sei. Só se algum leitor deste blog poder ajudar...

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Obrigada Vicky! Mas os posts ainda estão no inicio.

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Eu também não me importava de lá voltar...

      Eliminar
  9. Olá Sou Açoriano, fico muito orgulhoso quando falam bem da minha terra natal, ainda bem que gostaram de viajar aos Açores... Tentamos ser o mais acolhedores possiveis, o blog tá excelente!! Abraço

    ResponderEliminar