quarta-feira, 20 de abril de 2011

Aldeia de Pia do Urso, Porto de Mós, Leiria

A aldeia de Pia do Urso é uma aldeia pitoresca, com casas de pedra bem rústicas e com um parque eco-sensorial (gratuito). Facilmente acessível e muito bom para deficientes invisuais, pois tem muitas informações no parque em Braille (incluindo o próprio folheto informativo dado à entrada do parque).

Ao longo de todo o percurso podem ouvir-se os sons e sentir o aroma do ambiente envolvente, tocar e ver as pias naturais resultantes da erosão. Dotado de uma rica vegetação (oliveiras, eucaliptos, alfazema...) e uma grande variedade de fauna (melros, genetas, morcegos...)  faz-se um breve mas delicioso passeio neste parque. O nome desta aldeia deriva do facto de haver uma lenda que fala de um urso que, quando cansado, aproveitava uma das pias para se refrescar.


O meu marido ao pé de uma casa tipica da aldeia

Inicio do caminho do Parque


Pia do Urso


Depois aproveitamos para ir ver de perto o lindissimo castelo de Porto de Mós, uma vez que estavamos perto e podiamos lá almoçar.
Porto de Mós é uma pequena vila, ponto estratégico na defesa de Leiria e Coimbra, por D. Afonso Henriques. O seu castelo também é conhecido como castelo de D. Fuas Roupinho, um nobre do século XII, possivelmente um Templário, que ajudou na reconquista cristã tendo sido o 1º comandante Português conhecido e que foi o alcaide mor (nobre nomeado pelo rei, neste caso por D. Afonso Henriques, com funções militares e residente no castelo) desta vila.



Vista parcial do castelo




Aparentemente tudo estava fechado, em Porto de Mós, para almoçar e fomos directos para a Batalha. Depois do almoço fomos dar uma volta para ver os vários monumentos da vila e aproveitamos para fazer o check-in no hotel quando começou a chuviscar.
Depois fomos para Leiria.

Leiria é uma cidade recheada de história e bem antiga (foram encontrados na região mais de 70 sitios arqueológicos), capital de distrito, banhada pelo rio Lis e pelo rio Lena, sendo o castelo de Leiria o monumento mais notável da cidade. Apesar da cidade ter sido conquistada aos Mouros em 1135 por D. Afonso Henriques, foi só em 1142 que foi reconquistada e lhe atribuida o 1º foral (carta de direitos feudais).
Apesar de termos estado pouco tempo, na cidade, vimos o lado exterior do castelo (pois chegamos cinco minutos depois de ter fechado, às 18h05...sniff...sniff...), o estádio de futebol Drº Magalhães Pessoa, a loja de roupa Zara mais bonita vista até hoje. Aproveitamos ainda para lanchar na zona histórica da cidade e provar um doce regional: a Brisa de Lis.


Vista parcial do castelo

Vista frontal da Sé


A Zara na zona histórica da cidade


Sem comentários:

Publicar um comentário